AO SERVIÇO DA FLORESTA E DOS FLORESTAIS

Graças a uma presença centenária nas florestas a SYLVINOV dispõe de conhecimentos em mecanizaçãoflorestal para responder às necessidades dos clientes, tanto  ao nível da industria  de materias primas da floresta como a particulares.

Instalada no coração da floresta da Aquitânia, em Labouheyre, Landes, uma das zonas florestais mais importantes da França, com 2.8 milhões de hectares, a empresa SYLVINOV tem estado activamente associada desde o principio do século vinte, ao desenvolvimento de tecnicas florestais e à prática da moderna silviculturado pinheiro bravo(Pinus pinaster).

O fundador, sr. Jacques Darriet, no periodo entre 11 de Junho de 1873 até 3 de Janeiro de 1959, especialista em geometria foi o iniciador de um atelier de construções mecânicas que começou os trabalhos em 1907.

 

 

Esta empresa rapidamente foi posta ao serviço da floresta e o primeiro corta-matos foi patenteado em 1923.

Inicialmente concebido para facilitar a luta contra incêndios , juntaram-lhe um tanque de água.

O sr. Darriet, como concessionário Ford adaptou-o a um tactor Fordson.

Esta técnica de corta-matos e limpeza de campos para preparação de plantações com linhas organizadas, revolucionou a época, continua actual e em expansão, actualizando-se, alargando o seu uso na região, bem como pelo resto do mundo.

O seu genro Sr. Menard retoma a sociedade com a sua mulher, senhora Menard e perpetua a tradição e a sociedade toma o nome de MENARD-DARRIET.

Em 1984 o Sr. François Dubroca entra na sociedade. Foi ele que teve a ideia de completar a gama de produtos e maquinas florestais , juntando-lhe me 1992 produtos da empresa  CULLERIER, que tinha sido fundada em 1867 em Gironde.

As charruas, corta-matos giratórios, rolos florestais e outros estilhadores conhecidos pelos trabalhadores das florestas em toda a França foram integrados na gama MÉNARD-DARRIET.

Forma-se então a sociedade MÉNARD-DARRIET-CULLERIER.

Esta dispõe assim de uma gama de máquinas agrícolas que abrangem a totalidade das necessidades dos seus clientes em matérias florestais, em termos de limpeza, manutênção e plantação de florestas.

Em 2007 a sociedade é tomada pelo sr. Sébastien Eloir, que continua o trabalho dos seus antecessores, para o melhoramento da produtividade das máquinas, mantendo em primeira linha a qualidade e o bom desenvolvimento da máquina nos trabalhos florestais.

Alarga a sua actividade e influência a outras regiões além da Aquitania e integra-se no mundo.

A tempestade Klaus em 2009 acelera o desenvolvimento de MÉNARD-DARRIET.CULLERIER ao  ajudar  a retirar e a limpar toda a lenha da floresta da região que ficou devastada com a passagem da tempestade.

Junta-se nesta altura à empresa um parceiro comercial-técnico – a empresa espanhola de SERRAT, especialista em máquinas agrícolas, florestais e vinhateiras mais na vertente de máquinas estilhadoras e trituradoras.

Continua em paralelo a sua actividade de desenvolvimento de máquinas  de manutenção e reflorestação.

Juntam-se outros parceiros e a empresa entrega um número consideravel de reboques florestais homolgados via GOURDON, ferramentas TP&FORET  BLANCHARD, ferramentas para criar madeira como frnecedora de energia, como pellets  PALLARI, máquinas de cortar madeira e guindastes CLAUZIER, gruas de empilhamento de lenha e madeiras cortadas para aquecimento PILKEMASTER.

Em 2012, a empresa é expropriada e se muda para o outro lado da antiga N10, que desde então se tornou a A63.

Em agosto de 2014, sai o  primeiro veículo de  rastos  de borracha autopropelido em parceria com a EIDER.

Começam  em 2015 conversações com a  empresa DE MATOS para a transferência da atividade. Esta oportunidade permitirá criar uma nova entidade que terminará em 2015 o nome de SYLVINOV.

Em paralelo e após alguns anos de pesquisa e várias tentativas, o estabelecimento em Limousin materializou-se pela aquisição da empresa SEP CHEZE baseada em Uzerche, em Dezembro de 2015.

A empresa torna-se então CHEZE RVC e continua a sua actividade histórica, sendo considerada uma base de exploração e dinamização florestal.

A integração da empresa DE MATOS na nova entidade SYLVINOV entra em vigor em Janeiro de 2016.

A SYLVINOV projecta e produz na sua fábrica todos as máquinas, garante a manutênção e monitorização de tudo o que fabrica e distribui pelo mundo.